K君のポルトガル語での報告
自信のある人は挑戦しましょう

Relatrio das aulas ministradas na Escola Estadual Professor Antnio Alves Cruz-So Paulo

1) Periodo: 19/11/2005/11/2/2006

2) Local: Escola Antnio Alves Cruz em So Paulo

3)Objetivo: uma tentativa de incentivar e ensinar aos alunos brasileiros, atravs das aulas tericas e praticas da
Lngua Japonesa e dos ensinmentos de ‘’Origami’’,no s a Lngua Japonesa em si, mas a sua cultura, procurando aprofundar cada vez mais esses conhecimentos, a fim de que esses alunos conheam o verdadeiro sentido da cultura japonesa.

4)Contedo: Ensino da Lngua e de Cultura Japonesa e algumas atividades prticas,como ‘’Origami’’.

5)Desenvolvimento: A princpio, eram apenas 3 ou 4 alunos que iniciaram a freqentar as aulas. No decorrer do tempo, comeou a aumentar, cada vez mais, o nmero desses alunos.
Quanto idade, havia alunos de 10 anos at idosos, uma grande variedade de frequentadores, sendo que, num piscar de olhos, aumentou para 10 alunos.
Quando iniciei esse trabalho, jamais imaginava que tantos brasileiros tivessem tanto interesse em aprender a Lngua Japonesa e sua cultura.
O tempo disponvel para realizar essa tarefa era muito restrito, isto , cerca de 3 meses, portanto, ensinar a Lngua Japonesa para esses alunos seria uma tarefa bastante difcil. Sendo assim, tentei dar aulas inicialmente, ensinando-lhes as expresses japonesas mais coloquiais, com muitas repeties, fazendo com que eles praticassem bastante entre eles. Preocupei me para que as aulas no tornassem muito passivos, e desinteressados, a ponto de causar sonolncia em algumas deles, portanto, tentava agitar a classe fazendo com que eles movimentassem na sala, ou que fizessem trabalhos em duplo, que seriam apresentados a mim.
Sabendo que os alunos no compareciam por obrigao, portanto, o importante era ministrar aulas cujos resultados fossem plenamente satisfeitos, que houvesse tentativa para que eles sassem das aulas bastante contentes. A parte final da aula era reservada sempre para uma atividade prtica, geralmente o Origami, como um meio de deixar
uma lembrana ‘’em forma de objeto ou algo concreto’’, tentando fazer dessa maneira um momento de descontrao, como tambm de satisfazer aqueles alunos que, derante s aulas deixaram de entender aluguma coisa ou que no estavam satisfeitos.
O DIRIO DE S.PAULO em 14 de janeiro publicou um artigo sobre diversas atividades da NGO, na Escola Estadual Professor Antnio Alvez Cruz, entre eles, o ensino da Lngua Japonesa. Diversos alunos que iniciaram a procurar-nos foi atravs dessa publicao. Com isso, dobrou o nmero de alunos que comearam a freqentar essas
aulas, necessitando, ento, dobrar o nmero de salas de aula.

6)Aspirao para o futuro: A minha misso, conforme apresentado, no ‘’item 1.0- Perodo’’ de certa forma, encerrou-se no dia 11/02/2006. Contudo, intimamente, ela continua viva, dentro de mim, portanto, deixarei lavrado alguns planos para dar continuidade a essa tarefa, pois sei que alunos aumentam cada vez mais e o importante que haja planos concretos, baseando-se em novas idias, atendendo s necessidades individuais desses alunos. Se essas necessidade forem atendidas, automaticamente, com certeza, haver um excelent desempenho desses alunos.

7)Concluso: Neste momento, Direo que concedeu o espao, aos professores que auxiliaram na tarefa de desenvolver meus objetivos e aos alunos que participaram, ativamente, nesse convvio a todos sinto-me eternamente grato e sensibilizado por toda ateno dispensada.
O fato desses participantes dessa tarefa ter demonstrado profundo interesse, espero que essa atividade cultural prossiga, cada vez mais, progressivamente, havendo num futuro no muito distante, um intercmbio cultural com o Japo, este meu sonho primordial, acrescentando, ainda, que, embora da outra face da terra, disponho-me a oferecer minha modesta colabolao, dentro daquilo que for possvel.

トップ